1986 - Vara do Trabalho de Imperatriz

Criada pela Lei nº 7.471 de 30/04/1986, a Vara do Trabalho de Imperatriz foi a terceira vara trabalhista criada no Maranhão, sendo a primeira do interior do estado. Com o crescente desenvolvimento econômico na Região, a partir de 1960, tornou-se necessária a instalação de um órgão trabalhista, o que aconteceu em 15 de dezembro de 1986, quando foi instalada a Junta de Conciliação e Julgamento, então vinculada ao TRT da 7ª Região (Ceará), na presidência do juiz Francisco Osmundo Pontes (1976 a 1980 e 1986/1988). A JCJ de Imperatriz foi criada e instalada no governo do presidente da República José Sarney (1985 a 1990).

Segundo relatos dos servidores, a Vara do Trabalho de Imperatriz foi instalada inicialmente na Rua Luís Domingues, esquina com a Rua Amazonas (1986). Em fevereiro de 1990, passou a funcionar no fórum trabalhista localizado na Rua Aquiles Lisboa, inaugurado pelo então presidente Fernando José da Cunha Belfort (1990-1991). A sede da VT mudou-se ainda para a Rua Santa Tereza e Rua Bom Futuro (280), até ser inaugurada a sede própria, na Rua da Saudade, quadra 12 – Loteamento Parque das Palmeiras, onde funciona até hoje.

A sede própria foi inaugurada em 12 de dezembro de 2005, pela então presidente do TRT Kátia Magalhães Arruda (2005 a 2007), que foi juíza presidente daquela VT no ano de 1992. A obra foi resultado de uma parceria feita com a Prefeitura de Imperatriz – que cedeu o terreno – e a Caixa Econômica Federal, que arcou com os custos da construção. Em dezembro de 2011, com a criação da 2ª Vara do Trabalho de Imperatriz, fica criado o Fórum Manuel Alfredo Martins e Rocha, através da Resolução Administrativa 222/2011, tendo sido indicada a primeira diretora a juíza Fernanda Franklin da Costa Ramos Belfort (Ato GP Nº 211/2011, de novembro de 2011), sendo substituída pelo juiz Higino Diomedes Galvão (Portaria 112/2013, de 8 de fevereiro de 2013). 

JURISDIÇÃO
A jurisdição originária da Vara do Trabalho de Imperatriz, pela Lei de criação nº 7.471 de 30/04/1986, incluía, além de Imperatriz, os municípios de Açailândia, Amarante do Maranhão, Estreito, João Lisboa, Montes Altos, Porto Franco e Sítio Novo.  
Com a Lei nº 8432, de 11 de junho de 1992, que criou quatro novas varas do Trabalho no Maranhão, houve alteração na jurisdição da VT de Imperatriz, devido à criação da Vara do Trabalho de Açailândia, passando a integrá-la os municípios de Imperatriz, Amarante do Maranhão, Estreito, João Lisboa, Montes Altos, Porto Franco e Sítio Novo.
Nova mudança ocorreu com a Lei nº 10.770, de 21 de novembro de 2003, que criou a Vara do Trabalho de Estreito, saindo o município da jurisdição da Vara do Trabalho de Imperatriz. Nesta mesma lei foram excluídos e incluídos novos municípios, ficando a jurisdição assim definida:  Imperatriz, Amarante do Maranhão, Buritirana, Davinópolis, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Montes Altos, Ribamar Fiquene, São Pedro da Água Branca, Senador La Rocque, Sítio Novo e Vila Nova dos Martírios.
Até o ano de 2008, os municípios de São Pedro da Água Branca e Vila Nova dos Martírios integravam a jurisdição, de acordo com a Lei nº 10.770. Porém foram transferidos para a jurisdição da Vara do Trabalho de Açailândia por meio da Resolução Administrativa 001/2008, de 08 de janeiro de 2008. 
A Vara do Trabalho de Imperatriz tem jurisdição atualmente sobre os municípios de Imperatriz, Amarante do Maranhão, Buritirana, Davinópolis, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Montes Altos, Ribamar Fiquene, Senador La Rocque e Sítio Novo.

Clique aqui para conhecer a jurisdição atual 

PIONEIROS
O juiz instalador foi Manuel Alfredo Martins e Rocha, que ficou à frente da VT até janeiro de 1987, quando assumiu a presidência, a 29.01.1987, a juíza Maria Ione Martins de Araújo, a segunda mulher a assumir a presidência de uma vara trabalhista no Maranhão. A primeira foi a juíza Maria Eunice Ribeiro dos Santos, que esteve á frente da 2ª JCJ de São Luís entre abril e dezembro de 1979. A servidora Maria do Socorro Pinho Coimbra foi a primeira mulher a assumir o cargo de diretora de secretaria da JCJ de Imperatriz (2003-2006). 
Veja abaixo a sequência dos juízes titulares e diretores de secretaria localizados pelo Cemoc. 

JUÍZES TITULARES

DIRETORES DE SECRETARIA

  • Antonio Santana Santos
  • Wilson Gomes de Souza
  • Marcos Pires da Costa
  • Maria do Socorro Pinho Coimbra
  • José Valdionor Costa dos Santos
  • Delano Nunes Almeida
  • Celso Antonio Botão Carvalho
  • Maria Clara Medeiros Cunha
  • Ivana Rosa Gomes Ferreira
  • Marcos Pires da Costa
  • José Valdécio Ferraz Júnior
  • Sílvia Rosana Costa Ferreira
  • Luiz Sadoque de Lima Matos