TRT-16 já registra avanços em prol do meio ambiente em 2022

sexta-feira, 3 de Junho de 2022 - 13:28
Redator
Ana Karolina Brito
Revisor
Rosemary Araujo

No próximo domingo, 5 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e visa a chamar a atenção para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais. Alinhado com essas preocupações, o Tribunal Regional do Trabalho da 16a Região (MA) realiza, durante todo o ano de 2022, a campanha “Racionalizar faz bem”, buscando conscientizar magistrados e magistradas, servidores e servidoras, terceirizados e terceirizadas, além do público externo sobre a importância de cuidar do meio ambiente.
A campanha tem como objetivo principal sensibilizar para pequenas mudanças de atitudes que contribuirão para a redução de consumos e gastos, e favorecerão a melhoria dos índices de sustentabilidade do Tribunal. As ações da campanha são coordenadas pelo Setor de Gestão Socioambiental com foco na sustentabilidade e na preservação de recursos no âmbito do órgão trabalhista.
Através do Plano de Logística Sustentável (PLS), o TRT-16 articula ações de planejamento e gestão institucional para estimular a adoção de novos padrões e comportamentos que resultem no aperfeiçoamento contínuo da qualidade do gasto público e uso sustentável de recursos.
Este ano, diversas iniciativas já foram realizadas pelo órgão. Em março, o TRT-MA elaborou diversas peças gráficas para o Dia da Água com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de preservação do recurso natural, por meio do uso racional e responsável de suas fontes, incentivando medidas de combate ao desperdício em seu consumo diário no âmbito da instituição. As peças foram divulgadas nos canais de comunicação institucional externos e internos.
No mês de abril, foi realizada a campanha em comemoração ao Dia da Terra, quando buscou-se sensibilizar sobre a promoção da sustentabilidade e preservação dos recursos naturais mundiais. Durante a ação em prol da data, Daniel Leite Guimarães, chefe do Setor de Gestão Socioambiental, enfatizou a importância da adoção de medidas simples, como separar resíduos orgânicos de materiais recicláveis, economizar energia e água potável.
Em maio, o TRT-16 implementou outras iniciativas de conscientização, visando à adoção de medidas que promovam a sustentabilidade e redução do consumo. Entre elas, está a ação “Adote uma caneca”, que pretende promover a redução no consumo de copos descartáveis no âmbito do Tribunal, por meio da diminuição gradual no fornecimento de copos descartáveis, e incentivar o uso de canecas individuais. Também foi realizada a ação “Evite desperdício de papel”, que pretende motivar a economia de papel A4 nas unidades da Justiça do Trabalho no Estado, quando for necessária a impressão de documentos.
No mesmo mês, em cumprimento à Agenda 2030 - ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) da ONU, na semana em que é comemorado o Dia Internacional da Reciclagem (17 de maio), o TRT-MA lançou uma campanha de incentivo à Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos. Foram distribuídos cestos de lixo personalizados para recolhimento de papel, plástico, metal e materiais orgânicos, em quatro pontos de coleta no prédio-sede e um no Fórum Astolfo Serra (sede das varas trabalhistas de São Luís). Nessa primeira etapa, o objetivo da campanha é avaliar a integração das pessoas na ação; o tempo em que os recipientes atingem sua capacidade máxima; a logística de coleta, segregação, armazenamento e destinação final; o volume recolhido e o descarte correto, conforme os coletores. A atividade integra as etapas de gerenciamento de resíduos sólidos do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS) para o período de 2022 a 2025, que está sob análise das unidades competentes para a devida aprovação.
Além dessas, outras iniciativas do Setor de Gestão Socioambiental para a Campanha “Racionalizar faz bem” estão previstas para o ano de 2022, no sentido da economia de recursos e do estímulo ao consumo consciente, colaborando com a preservação do planeta.
Por que falar sobre o meio ambiente?
Segundo o Relatório Fronteiras 2022 do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), existem riscos e temas de preocupação relacionados ao meio ambiente e desequilíbrios ambientais globais com possíveis impactos negativos para a humanidade. Entre os problemas apontados estão a ampliação da poluição sonora nos centros urbanos, com potenciais problemas para o bem-estar e a saúde pública. Esse fenômeno pode resultar em doenças cardíacas, diabetes, perda auditiva e distúrbios mentais.
Além disso, a taxa de incêndios tende a crescer no mundo, motivada principalmente pelas mudanças climáticas, desflorestamento, expansão urbana e comercial, e exploração comercial de madeira. Em 2019, mais de seis milhões de hectares foram queimados em áreas da Bolívia, Brasil, Colômbia, Peru e Paraguai.
Informações divulgadas no portal da CNN afirmam que o desmatamento na Amazônia em 2021 foi o pior em 10 anos. Entre janeiro e dezembro do ano passado, foram destruídos 10.362km² de mata nativa. Os dados são do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).
As mudanças climáticas também estão alterando o ciclo de vida de animais e plantas, o que pode resultar em desequilíbrios ambientais. Nesse sentido, a movimentação global em prol de iniciativas que visem à preservação dos recursos naturais se torna urgente.
Dia Mundial do Meio Ambiente
Comemorado no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente reúne iniciativas ao redor do mundo em prol da preservação do planeta. Sob a liderança do Programa Nações Unidas pelo Meio Ambiente, a data é celebrada anualmente desde 1974 e se tornou a maior plataforma global de alcance ambiental, com a participação de milhões de pessoas empenhadas em proteger a Terra. Este ano, o tema da campanha é #UmaSóTerra e defende a ação coletiva e transformadora em escala global para celebrar, proteger e restaurar o planeta. 

 

53 visualizações