TRT-MA realiza cerimônia de posse dos novos dirigentes para o biênio 2020/2021

sexta-feira, 20 de Dezembro de 2019 - 16:57
Redator
Lucas Ribeiro
Revisor
Suely Cavalcante
Momento solene da posse do desembargador Américo Bedê no cargo de presidente do TRT-MA

A cerimônia contou com outras posses e com a despedida da desembargadora Solange Cordeiro do cargo de presidenta
Autoridades, entidades, representantes de órgãos públicos e a imprensa local prestigiaram, na noite desta quinta-feira (19), a posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão) para o biênio 2020/2021. A cerimônia ocorreu na Sala de Sessões do Tribunal Pleno do TRT, localizado no Anexo B do prédio-sede do Tribunal, onde foram empossados os desembargadores Américo Bedê Freire e José Evandro de Souza nos cargos de presidente e vice-presidente e corregedor do TRT-MA, respectivamente. Entre as autoridades, o vice-governador do Estado do Maranhão, Carlos Orleans Brandão Júnior, representando, no ato, o governador Flávio Dino. 
A desembargadora Solange Cristina Passos de Castro Cordeiro abriu a solenidade, destacando os principais feitos da sua administração. Segundo a presidenta do Tribunal no biênio 2018/2019, ao assumir o cargo, foram eleitos quatro objetivos para atender os públicos internos e externos. Ela citou como objetivos de sua gestão o investimento nas infraestruturas físicas das instalações da Justiça do Trabalho (JT) do Maranhão; a implementação de ações voltadas à valorização e a qualidade de vida dos servidores; aplicar maior agilidade no andamento dos atos administrativos; e desenvolver articulações políticas junto aos Poderes Legislativo e Executivo.   
Ao se despedir do cargo, a desembargadora ressaltou os méritos de assumir a presidência e os desafios cotidianos. "O cargo é pomposo e honroso, mas revela-se, também e ao mesmo tempo, um chamamento de múltiplas e sempre urgentes responsabilidades", afirmou. Ela afirmou também que um dos maiores deveres como gestora foi repartir tarefas, resultados e realizações com todos os participantes do processo de constante reconstrução da JT-MA.  
Em seguida, a cerimônia deu continuidade com o ato de posse. A desembargadora Solange Cordeiro deu posse ao desembargador Américo Bedê no cargo de presidente e, em seguida, condecorou o desembargador Américo Bedê com a Comenda da Ordem Timbira do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de Grã-Cruz, que o tornou Grão-Mestre da insígnia do TRT-MA. O novo presidente, em sua primeira fala no cargo, afirmou que a sua gestão será participativa e estará aberta a todos, tanto aos magistrados como aos servidores. Ele relembrou as transformações da JT-MA e frisou a cooperação de todo o corpo funcional para as conquistas ao longo dos últimos 30 anos. "Nosso TRT, mesmo sendo de pequeno porte, em razão do número de funcionários, na verdade, se torna grande pela qualificação dos magistrados e dos servidores que o compõem, tendo sidos destacados e recebidos menções em nível nacional".
Após a outorga, o presidente empossou o desembargador José Evandro no cargo de vice-presidente e corregedor. O desembargador Américo Bedê destacou que o novo vice-presidente é reconhecido por sua capacidade, seu elevado espírito público e pelo seu desprendimento. O presidente empossou ainda os desembargadores Ilka Esdra Silva Araújo como diretora da Escola Judicial do Tribunal; James Magno Araújo Farias no cargo de vice-diretor da Escola; a desembargadora Márcia Andrea Farias da Silva como ouvidora do Tribunal; e o desembargador Gerson de Oliveira Costa Filho como ouvidor-substituto. 
Algumas autoridades que compuseram a mesa de cerimônia se pronunciaram durante a solenidade desejando boas-vindas aos novos dirigentes, relembrando os feitos da gestão antecessora e reafirmando a importância da Justiça do Trabalho para a sociedade. O presidente do Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Maranhão (OAB-MA), Thiago Diaz, falou que a JT é a justiça social do país e agradeceu a parceria do TRT-MA com OAB e a advocacia do Maranhão. Pontuou a melhoria da produtividade na gestão 2018-2019 do TRT e das obras realizadas, destacando o hall do prédio e os restaurantes.
O procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 16ª Região, Maurel Mamede Selares, falou que o cargo de dirigente é uma tarefa árdua, mas, que, os novos dirigentes irão exercer com competência. Destacou o prêmio recebido do CNJ pelo TRT, o Selo Prata, na gestão da desembargadora Solange Cordeiro. 
Além deles, o presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 16ª Região (AMATRA-XVI), juiz Carlos Eduardo Evangelista Batista dos Santos, também defendeu a Justiça do Trabalho e agradeceu ao desembargador Américo Bedê pela sua trajetória de contribuição à AMATRA-XVI e desejou boa sorte durante a gestão, que estendeu ao desembargador José Evandro e aos diretores da Escola Judicial e da Ouvidoria. Elogiou o trabalho dos magistrados na 16ª Região e ainda a gestão da desembargadora Solange Cristina Passos de Castro pelas premiações recebidas pelo TRT em sua gestão.  
Já o vice-presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA), Luiz Antonio Colussi, parabenizou o trabalho da desembargadora Solange Cordeiro durante os dois anos de gestão, desejou boa sorte aos dirigentes empossados, e disse que as ameaças de extinção da Justiça do Trabalho só a fortalecem no compromisso de ser defensora da cidadania.
Clique aqui para ver o álbum completo da solenidade.          

 

596 visualizações