TRT-MA: Campanha de vacinação contra gripe do dia 12 de julho será realizada no estacionamento de servidores do prédio-sede do Tribunal

quarta-feira, 7 de Julho de 2021 - 14:42
Redator
Suely Cavalcante

Segundo informações do Setor de Saúde do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão), a campanha de vacinação contra gripe Influenza (H1N1) marcada para a próxima segunda-feira, 12 de julho, vai ser realizada no estacionamento de servidores do prédio-sede do TRT, em sistema de drive thru. Inicialmente, a campanha ocorreria no estacionamento do Fórum Astolfo Serra.
A campanha vai ocorrer no horário de 8h30 às 16h30h e poderão se vacinar magistrados, magistradas e respectivos dependentes, servidores, servidoras e seus dependentes, estagiários, estagiárias, terceirizados e terceirizadas das unidades da Justiça do Trabalho.
Interessados em receber a dose da vacina H1N1 devem informar seus nomes e dos respectivos dependentes ao Setor de Saúde, pelo e-mail servsaude@trt16.jus.br, para fins de organização da equipe que vai aplicar o imunizante.
A atividade faz parte do Programa “Vacinação em Dia”, que integra o conjunto de ações preventivas realizadas pelo Setor de Saúde do TRT-MA, com o objetivo de atualizar a carteira vacinal do público-alvo da campanha, buscando otimizar a proteção contra doenças imunopreviníveis.
Parceria
Como nas campanhas anteriores, o TRT-MA vai contar com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde, que vai ceder 350 doses da vacina ao Tribunal. As vacinas vão ser aplicadas por agentes da Coordenação de Imunização do Município de São Luís.  
Covid-19 
Por outro lado, o Ministério da Saúde recomenda a quem se vacinou contra a covid-19 que espere, pelo menos, 14 dias para se imunizar contra a gripe.
Do mesmo modo, pessoas com suspeita de covid-19 ou sintomas de outras infecções também precisam adiar a vacinação contra o vírus influenza. A vacina só pode ser aplicada quando estiverem completamente recuperados e, no mínimo, após quatro semanas do início dos sintomas ou da confirmação do diagnóstico. Conforme o Ministério da Saúde, a precaução é fundamental para minimizar o risco de disseminar o coronavírus, bem como para evitar confusão de sintomas. 
Porém, de acordo com o Setor de Saúde, a vacina contra a covid-19 deve ser priorizada.
Medidas de higiene e prevenção
Os cuidados para evitar a gripe são os mesmos para evitar a transmissão da covid-19, isto é, lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou fazer higienização com álcool 70% em gel; evitar cumprimentar outras pessoas com aperto de mão, abraço ou beijo; evitar compartilhar copos, pratos, talheres e objetos pessoais; evitar tocar a boca, nariz e olhos; e usar máscara facial cobrindo boca e nariz inteiramente.
Atualização caderneta de vacina 
O Ministério da Saúde também alerta para a necessidade de os adultos também manterem atualizada a caderneta de vacinas, ressaltando que, a partir dos 20 anos, devem ser tomadas vacinas contra doenças como hepatite B, dupla adulto (difteria e tétano), tríplice viral (sarampo, caxumba, rubéola) e febre amarela. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a vacinação é uma das intervenções de saúde pública com maior impacto na prevenção de doenças infecto contagiosas. 
Por esse motivo, o Setor de Saúde solicita que sejam enviadas cópia das cadernetas de vacinação para o e-mail servsaude@trt16.jus.br, para avaliação da situação vacinal do público-alvo do Tribunal, a fim de que possam ser organizadas futuras campanhas de vacinação.
Mais informações pelo celular (98) 984282946.
Com informações do Setor de Saúde.

138 visualizações