TRT-16 (MA) é premiado no I Prêmio da Memória do Poder Judiciário

segunda-feira, 16 de Maio de 2022 - 16:11
Edvânia recebe a menção honrosa entregue pelo juiz de Direito Carlos Alexandre Bötcher
Edvânia Kátia, ao lado de Nonata Teixeira, discursa após conquista do prêmio na categoria especial

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (MA) conquistou duas premiações no I Prêmio da Memória do Poder Judiciário. O projeto Portal da Memória foi vencedor na categoria especial (ramo Justiça do Trabalho) e a Série Música pela Infância conquistou menção honrosa na categoria Difusão Cultural e Direitos Humanos. 
Os trabalhos foram realizados pelo Centro de Memória e Cultura da Justiça do Trabalho do Maranhão em parceria com outras unidades, sob a coordenação da servidora Edvânia Kátia. Clique aqui para assistir à solenidade.
O Portal da Memória teve a participação da equipe de desenvolvimento de sistemas da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicações do TRT-16. Os servidores envolvidos foram André Pereira Nunes e Manoel Marcondes de Oliveira Lima Júnior. Pelo Setor de Biblioteca e Gestão Documental, colaboraram Raimunda Nonata Araújo Teixeira, chefe da unidade, Mary Rose Viana Machado, José Antônio Abreu Gomes, Joselin Ferreira de Sousa e Manoel Miranda Júnior, além do estagiário do curso de História da Ufma Vinícius Robson Castro da Silva. O Portal, que não existia, foi implantado em 2021, e foi totalmente desenvolvido seguindo as diretrizes do Manual de Gestão da Memória do Poder Judiciário. Clique aqui para acessar o portal.
A Série Musica pela Infância foi realizada em parceria com o Clube de Choro do Maranhão. Foi um trabalho conjunto do Centro de Memória, Setor de Comunicação Social e Comissão de Combate ao Trabalho Infantil. No projeto, músicos e compositores maranhenses cantaram e tocaram músicas relacionadas ao combate ao trabalho infantil. Foram 15 músicas, sendo oito inéditas compostas especialmente para o projeto. O projeto já foi escolhido pelo CSJT como boa prática. Clique aqui para ouvir as músicas.
Para o juiz de Direito Tribunal de Justiça de São Paulo Carlos Alexandre Bötcher, coordenador dos Subcomitês de Memória e de Capacitação do Comitê do Proname e membro da comissão avaliadora do prêmio, a Série Música pela Infância, por seu grande poder de replicação, retrata a importância de os espaços de memória do Poder Judiciário atuarem de forma efetiva para a difusão cultural, promoção de cidadania, educação, acessibilidade, inclusão, diversidade e sustentabilidade de outros direitos humanos. 
A servidora Edvânia Kátia diz ser uma honra poder representar a Justiça do Trabalho do Maranhão. "Nosso Tribunal, embora de pequeno porte, sempre buscou fazer o melhor. Nossos magistrados e servidores sempre buscaram dar o melhor de si para reforçar a importância da Justiça do Trabalho".

198 visualizações