Setor de Saúde do TRT-MA promove campanha de prevenção ao Coronavírus

quinta-feira, 19 de Março de 2020 - 15:22
Redator
Lucas Ribeiro
Revisor
Suely Cavalcante
Campanha do Setor de Saúde reforça ações e atitudes corretas para prevenção ao Coronavírus

Em face das medidas tomadas pelos órgãos públicos em relação à pandemia do Coronavírus, o Setor de Saúde do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão) está promovendo a campanha "NA DÚVIDA, LAVE", em prevenção ao Covid-19 e demais enfermidades relacionadas. A iniciativa traz banners eletrônicos, proteção de tela para computadores e cartazes, que serão distribuídos nas unidades da Justiça do Trabalho da capital e do interior, com informações acerca dos sintomas das doenças e como se prevenir delas. Também serão realizadas postagens nas redes sociais (facebook, twitter e whatsapp) do TRT-MA.
No cartaz que será distribuído, há informações que ajudarão a diferenciar os sintomas de uma gripe comum, do H1N1(Influenza A) e do Coronavírus. Embora ainda não haja caso confirmado de Covid-19 no Maranhão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Estado já confirmou, na última sexta-feira (13), 15 casos de H1N1. As medidas de prevenção ao vírus da Influenza A são as mesmas instituídas ao Coronavírus. 
Outras ações
Durante esta semana, o Setor de Saúde realizou ações de conscientização e prevenção a essas doenças. Na terça-feira (17), a chefa do Setor, Marilda Amorim Pereira de Souza, e o médico Gustavo Duarte reuniram-se, na Diretoria Geral do TRT-MA, para repassar aos representantes das empresas que prestam serviço ao Tribunal as medidas que devem ser tomadas para que possam desempenhar seus serviços conforme as recomendações instituídas pelo Ministério da Saúde durante a pandemia. Além disso, no mesmo dia, a enfermeira Rafaela Pinho se reuniu com os terceirizados para falar dos procedimentos de que devem ser adotados por eles para evitar a proliferação dos vírus. 
Ontem (18), Marilda Amorim e o chefe do Setor de Apoio à Saúde, Érico Murilo Sousa Cutrim, estiveram no Fórum Astolfo Serra, sede das Varas do Trabalho de São Luís, para distribuir máscaras aos servidores e estagiários que lidam diretamente com o público. Eles ainda aproveitaram a oportunidade para repassar informações acerca da prevenção, tais como esterilizar as maçanetas das portas, usar apenas uma caneta, não colocar a mão nos olhos e na boca, entre outros comportamentos que devem ser adotados. 
Ato do Gabinete da Presidência n° 003/2020  
Conforme ato expedido ontem pelo Gabinete da Presidência, fica restrito a casos de emergência os atendimentos médicos, odontológicos e de enfermagem. Além disso, foram suspensos os atendimentos a dependentes, aos Programas de Avaliação Periódica em Saúde e de Saúde da Mulher.  
Leia abaixo o artigo escrito pelo médico do TRT-MA Adriano Soares Alves:
Águas de março
O ano era 1974, e Tom e Elis já cantavam: ”São as águas de março fechando o verão". É fato que, passados mais de 40 anos, as chuvas incidentes neste período do ano não são novidade para ninguém (chove muito, inclusive, no momento). Outro fenômeno característico - ainda que não exclusivo - deste trimestre é o da aglomeração de pessoas. A proximidade entre os que disputam um lugar sob marquises e paradas de ônibus em dias de chuva, ou entre os que, devida ou indevidamente acompanhados, correram atrás do trio, é condição que favorece o compartilhamento de abraços, trompaços, sentimentos, secreções e germes. 
Assim sendo, não é nada raro contrair gripe, resfriado, gastroenterite e cia, nesta época (que atire o primeiro lenço, quem não deu nem um mísero espirro!). Desagradável, muito desagradável. Mas a parte boa é que não há segredos no tratamento destas afecções: basta comer (se alimentar normalmente e com restrições pontuais), beber (o nosso organismo gasta mais líquido, nestas circunstâncias; e bebida alcoólica não vale, hein?!?), descansar (via de regra, não precisa internar - interrupção de atividades físicas e repouso são bem-vindos), usar medicamento sintomático (em caso de dúvida, pergunte ao seu Médico) e, claro, prestar atenção. Falta de ar? Dor intensa? Alto lá, gripe nenhuma faz isso e é melhor ver o que o Doutor acha...
Até aqui, nada de novo, é só chuva no molhado. Eis que, em meio a essa rotina fevereira, surge o tal do Coronavírus - ou Covid 19, para os íntimos. De forma sucinta: 
1- É perigoso? 
R. Sim.
2- Mata? 
R. Sim, principalmente populações de risco como idosos e portadores de doenças crônicas.
3- Devo esquecer de tudo e me trancar em casa com medo dele?
R. Considerando a sua alta transmissibilidade, recomenda-se que sejam evitadas as situações em que haja aglomeração de pessoas (sair de casa? Somente se for estritamente necessário...)
Como se trata de algo inédito, ao menos para a maioria das pessoas, conceitos e estatísticas têm sido revistas a cada dia. Não sai do Whatsapp? Cuidado com as fake news, hein? Não compartilhe nada sobre o que não tenha certeza. Por vezes, no afã de contribuir, podemos causar prejuízo ao próximo. 
O TRT 16, por fim, reforça aos servidores, magistrados, terceirizados, estagiários e público externo que, "NA DÚVIDA, LAVE!":
L - lavagem das mãos (álcool gel é bom, mas água e sabão funcionam tão bem quanto)
A - aglomerações de pessoas devem ser evitadas
V - vacinação de acordo com as campanhas do MS (vide https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/vacine-se/745-vacinacao)
E - etiqueta da tosse (vai tossir? Use um lenço ou proteja o próximo colocando o braço à frente da boca)
Se tiver interesse ou curiosidade, clique aqui para mais informações.

165 visualizações