Série Música pela Infância realizada pelo TRT-MA em parceria com o Clube do Choro do Maranhão é finalista do Prêmio Prioridade Absoluta

segunda-feira, 16 de August de 2021 - 12:08
Redator
Edvânia Kátia

A Série Música pela Infância foi classificada entre as finalistas do Prêmio Prioridade Absoluta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Realizada no ano de 2020, no Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, numa parceria do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT Maranhão) e o Clube do Choro do Maranhão, a série contou com a participação de instrumentistas e compositores maranhenses que cantaram e tocaram os direitos das crianças e adolescentes .  Ainda neste mês de agosto deve ser divulgada a lista dos vencedores. Clique aqui para conhecer as músicas

A prática está concorrendo na categoria Empresa e Sociedade Civil Organizada com os projetos Famílias Acolhedoras do Instituto Fazendo História, NAPA - Núcleo de Apoio Psicossocial a Adoção e Adoção: Quando o coração fala mais alto. Na edição de 2021, foram premiadas as práticas relacionadas às medidas protetivas (eixo temático I) e às infracionais (eixo temático II), cada uma subdividida em cinco categorias: Tribunal, Juiz, Sistema de Justiça, Poder Público, e Empresas e Sociedade Civil Organizada. Será premiada uma prática de cada categoria dos eixos I e II, totalizando dez premiações.

O 1º Prêmio Prioridade Absoluta, criado para selecionar, premiar e disseminar ações, projetos ou programas voltados à promoção, valorização e respeito dos direitos de crianças e adolescentes, recebeu 110 inscrições. A iniciativa, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), busca atender determinações da Constituição Federal e das leis infraconstitucionais, como o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Marco Legal da Primeira Infância, que determinam a prioridade absoluta a crianças e jovens.

MÚSICA PELA INFÂNCIA
A série Música pela Infância, edição especial do projeto TRT Cantos e Encantos, conta com 15 composições, sendo que oito são músicas inéditas de compositores maranhenses compostas especialmente para o projeto. Com a adesão de músicos e compositores maranhenses, foi possível propor uma reflexão sobre os direitos de crianças e adolescentes por meio da música, numa mensagem leve e cheia de otimismo. Pelas redes sociais, eles cantam e interpretam composições em defesa de crianças e adolescentes. A produção é da servidora Edvania Kátia, do Centro de Memória e Cultura do TRT, e de Paulo Trabulsi, presidente do Clube do Choro do Maranhão.

A ação foi uma atividade da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, que tem como gestoras a desembargadora Márcia Andrea Farias da Silva e a juíza Liliana Maria Ferreira Soares Bouéres,  e está sendo realizada em conjunto com o Centro de Memória e Cultura e Setor de Comunicação Social. 


 

63 visualizações