EJUD16 abre inscrições para oficina de capacitação do “Projeto Garimpo”

sexta-feira, 25 de Setembro de 2020 - 15:08
Redator
Lucas Ribeiro
Revisor
Suely Cavalcante
Os interessados devem se inscrever nas turmas referentes às unidades em que estão lotados

A Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (EJUD16) abriu inscrições para a oficina de capacitação “Projeto Garimpo”. A oficina será dividida em três turma, que serão realizadas de forma online, por meio da plataforma Google Meet. A capacitação é voltada para magistrados das Varas do Trabalho, diretores titulares e substitutos de secretaria, servidores que atuam com processos de execução nas VTs e servidores lotados na Corregedoria. As inscrições podem ser feitas no Portal da Escola Judicial
O juiz do TRT da 21ª Região (RN), Cácio Oliveira Manoel, é quem irá ministrar as oficinas, que ocorrerão das 14h às 18h. De acordo com o cronograma, nos dias 6 e 7 de outubro, o curso será voltado para Corregedoria do TRT-MA, que compõe a primeira turma. Na semana seguinte, nos dias 14 e 15, será a vez das Varas do Trabalho de São Luís e as VTs de Açailândia, Bacabal, Balsas e Barra do Corda. Por fim, nos dias 21 e 22, irão compor a turma as VTs de Barreirinhas, Chapadinha, Estreito, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, São João dos Patos, Santa Inês, Timon e as 1ª e 2ª VTs de Imperatriz.
Segundo a Ejud16, os interessados devem se inscrever nas turmas voltadas para as unidades em que estão lotados. Cada participante receberá um e-mail contendo o convite para participar da sala de transmissão no Google Meet. Ao final do curso, os participantes receberão um certificado de 8 horas/aulas, desde que assinem a lista de frequência e avaliem o evento no portal da Ejud16 após o encerramento.
O Projeto Garimpo foi estabelecido pelo Ato Conjunto no 01/2019 CGJT/CSJT, que dispõe sobre um fluxo próprio para arquivamento definitivo dos processos, para evitar a existência de saldo em conta judicial nos referidos processos. Desde o ano passado, é obrigatório que todas as Varas do Trabalho adotem o sistema. Com a capacitação, os participantes serão apresentados aos métodos de utilização do sistema de monitoramento dos depósitos judiciais e orientados no uso de metodologias de trabalho estimulado.
Durante a oficina, os microfones devem estar desabilitados e as dúvidas devem ser enviadas no chat de texto. A Ejud16 recomenda ainda utilizar a versão atualizada do Google Chrome.
Mais informações pelo e-mail escolajudicial@trt16.jus.br.

158 visualizações