Desembargador do TJ-MA junta 64,5 litros de lacres de alumínio e entrega ao TRT-MA em prol de Campanha Socioambiental

quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020 - 14:39
Redator
Kellyne Lobato
Revisor
Suely Cavalcante
O desembargador Jorge Rachid entregando lacres de alumínio a Marcelo

Após atingir 800 quilos, as doações serão destinadas ao Instituto Entre Rodas para transformar a vida de crianças com necessidades especiais
Há aproximadamente 6 meses, o presidente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável (CGPL) do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, desembargador Jorge Rachid Mubárack Maluf, tomou conhecimento da Campanha Não é Mito, do Instituto Entre Rodas, abraçada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão) em agosto de 2018, e teve a iniciativa de juntar lacres e mobilizar todo o seu ciclo familiar e de amigos nessa empreitada. Como resultado, na manhã desta quarta-feira (22), foram entregues 64,5 litros de lacres de alumínio ao responsável pela Campanha no TRT-MA, servidor e engenheiro Marcelo Henrique Bandeira Costa de Alencar.
O presidente da CGPL do TJ-MA contou que soube da campanha quando Marcelo Alencar apresentou a palestra "Engajamento Inclusivo - Uma Experiência do TRT da 16ª Região", durante o VI Seminário de Planejamento Estratégico Sustentável do Judiciário, promovido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), em junho de 2019, em Brasília. Na ocasião, Marcelo explicou a importância de juntar os lacres, que geralmente vão parar no meio ambiente de maneira irregular, mas que são de grande valia para crianças entre 5 e 14 anos com deficiência física e, por outro lado, incentivou outros órgãos públicos a aderirem à Campanha.
A partir daí, impactado com a causa socioambiental, o desembargador Jorge Rachid passou a recolher os lacres e envolveu toda a sua família, amigos e até desconhecidos nesta causa. "Aonde vou e encontro, eu guardo. É muito fácil, eles cabem em qualquer lugar. Já ando com uma sacolinha para armazená-los, e pego até no chão da rua e, por isso, já me chamaram de doido, porque gera estranheza em quem não sabe o motivo", declarou. O desembargador também guarda os lacres no próprio bolso quando precisa, e pede aos garçons dos restaurantes, motorista e as pessoas que vai encontrando, que separem os lacres e reservem porque #nãoémito e que essa atitude, além de contribuir com a redução de impactos ambientais, tem um viés social muito importante ao contemplar uma criança, com deficiência, com uma cadeira de rodas adaptada.
"É só o começo. Vou continuar juntando os lacres, porque buscar sustentabilidade não é só poupar, ou mostrar que é verde e agradável com a natureza, acima de tudo, é um objetivo social. Esse trabalho é fantástico, por isso abracei com toda garra e esses lacres já fazem parte do meu dia a dia. Onde eu chego, é recolhendo. Dá um trabalho danado encher uma garrafa dessas, mas se todo mundo colaborar fica muito mais fácil", comentou o desembargador ao fazer a entrega ao engenheiro Marcelo.
A Campanha #NãoÉMito foi lançada pelo Instituto Entre Rodas 03 de dezembro de 2017, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, e, em agosto de 2018, o TRT da 16ª Região foi o primeiro órgão público a assinar convênio com o Instituto. Desde então, o TRT-MA, por meio do Setor de Gestão Socioambiental, está sensibilizando pessoas a fim de arrecadar a maior quantidade de lacres possível, favorecendo assim, uma vida com mais qualidade para o público-alvo da campanha. Da mesma forma, o Tribunal ajuda a minimizar os impactos ambientais causados pelo descarte irregular desse material na natureza.
Dois meses após assinar convênio com o Instituto, o TRT realizou uma solenidade para apresentar a campanha aos colaboradores desta Justiça Especializada, bem como aos seus jurisdicionado, como forma de demonstrar que é possível trocar os lacres por cadeiras de rodas que, além de respeitar toda a sua  cadeia produtiva, é completamente adaptada para a criança contemplada, ou seja, obedece todas as especificidades do corpo, e é leve, o que possibilita maior mobilidade, empoderamento e engajamento social para a  criança. Na ocasião, Ana Vitória de 8 anos e residente do bairro São Raimundo em São Luís, saiu das estatísticas de uma das 120.000 crianças entre 5 e 14 anos, com algum tipo de deficiência no Brasil, em fila de espera para receber do Governo uma cadeira que lhe permitisse mais liberdade de locomoção.
A menina recebeu a cadeira na cor escolhida, lilás, no Auditório Juiz Ari Rocha, acompanhada de seu pai, e agradeceu. "Eu fiquei muito feliz com a minha cadeira nova, obrigada". Ana Vitória foi cadastrada na fila dessa Campanha, em uma das visitas do programa TRT na Escola, e seu pai, Antônio de Oliveira dos Santos, reconheceu a importância do Projeto. "Eu fiquei imensamente feliz com a ação porque salva vidas. Eu não tinha como comprar uma cadeira dessas, e por meio de uma atitude simples, a minha filha vai poder viver bem melhor", falou na época. Alguns meses depois, Antônio entrou em contato com o responsável pela Campanha no TRT-MA e falou que a Ana Vitória estava muito mais envolvida nas atividades cotidianas, e principalmente na escola, onde passou a participar mais das aulas e brincar nos recreios.
TRT-MA busca arrecadar 800 quilos de lacres de alumínio para contemplar outra criança
Com a colaboração do desembargador, o TRT-MA chega a quase 25% da meta rumo à conquista de uma nova cadeira. Agora são 458.5 litros de lacres já arrecadados e o objetivo é chegar aos 2.000 litros ou 800 quilos e tornar mais leve a vida de outras crianças. O engenheiro Marcelo Henrique convoca o público em geral para se aliar a causa e contribuir com a ação. "Cada lacre conta! A dica é destacar os lacres e guardá-los em um recipiente seco sempre que tiver oportunidade. Depois disso, basta se direcionar a um dos nossos pontos de coletas distribuídos nas Unidades da Justiça do Trabalho do Maranhão, ou então entrar em contato com o Setor de Gestão Socioambiental pelo telefone (98) 2109 9573 para saber mais informações", falou.
Qualquer pessoa pode se juntar à causa e contribuir. O TRT-MA disponibiliza adesivos para garrafas pets.  Ao entrar em contato com o Setor de Socioambiental do TRT-MA, será possível conhecer o ponto de coleta mais próximo da sua casa, bem como obter outras informações. Com a sua atitude todo mundo sai ganhando. Para as crianças com deficiência física, mais mobilidade e para todos um ambiente menos poluído. Colabore!
Veja mais informações sobre a campanha no Instagram
Clique aqui para assistir matéria sobre a campanha divulgada pela TV Assembleia.  

610 visualizações