Biblioteca do TRT-16 realiza visitação guiada ao acervo institucional 

quarta-feira, 20 de Julho de 2022 - 9:44
Redator
Ana Karolina Brito
Revisor
Suely Cavalcante
Foto das servidoras e estagiárias do Setor de Biblioteca e Gestão Documental e dos alunos e professoras do curso de Biblioteconomia da Ufma.

A condução de estudantes e interessados em conhecer o acervo bibliográfico disponível na Biblioteca João Freire Medeiros do Tribunal Regional do Trabalho da 16a Região é um dos serviços dirigidos ao público externo da Justiça do Trabalho em São Luís. A mais recente visita foi realizada no dia 11 deste mês, oportunidade em que foram recepcionados estudantes do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Maranhão. O ambiente funciona no 1º andar do Fórum Astolfo Serra (FAS), localizado na Avenida Senador Vitorino Freire, s/n°, bairro Areinha, e possui atendimento presencial de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. 
A Biblioteca possui amplo espaço, com cabines para estudo individual e seu acervo abrange os vários campos da ciência jurídica, com ênfase no Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e áreas correlatas. Para o público externo, os livros e materiais estão disponíveis somente para consulta no local.  Os interessados em agendar visitas devem entrar em contato por meio do e-mail sid@trt16.jus.br ou dos telefones (98) 2109-9495 e 2109-9496.
21099496
A bibliotecária Nonata Teixeira, chefe do Setor de Biblioteca e Gestão Documental, informa que está disponível no portal da Biblioteca uma lista de livros novos com diversos títulos como:  Direito do trabalho contemporâneo: pandemia, reforma trabalhista e aspectos controversos; Direito digital e sociedade 4.0; Direito da saúde na era pós Covid-19; Crimes modernos: o impacto da tecnologia do direito; Conciliação: bônus de uma justiça célere e eficaz: mediação por meio da justiça restaurativa; CLT e o derretimento dos direitos trabalhistas: aspectos psicossociais da reforma trabalhista; Acidentes do trabalho: doenças ocupacionais e nexo técnico epidemiológico; Assédio moral: violência psicológica no ambiente de trabalho; Direito e desigualdade: uma análise da discriminação das mulheres no mercado de trabalho a partir dos usos dos tempos; Direitos humanos e Covid-19: grupos sociais vulnerabilizados e o contexto da pandemia; Home office e teletrabalho; Lei geral da proteção de dados: enfoque nas relações de trabalho; Manual do compliance trabalhista: teoria e prática; O legítimo interesse e a LGPDP: Lei geral de proteção de dados pessoais; Proteção de dados pessoais na sociedade da informação: entre dados e danos, dentre outros.
Visitas
No dia 11 de julho estudantes do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Maranhão realizaram uma visita técnica à Biblioteca. O grupo de cerca de 15 alunos liderados pela professora doutora Maria Clea Nunes, acompanhada pela professora mestranda Fernanda Fonseca Neves, foram recepcionados pelas bibliotecárias Raimunda Nonata Teixeira e Mary Rose Viana Machado e pelas estagiárias Kátia Santos Silva e Vanessa Martins Rodrigues.
O objetivo da visitação foi aperfeiçoar os conhecimentos adquiridos na disciplina Linguagem Documentária III. As linguagens documentárias são instrumentos utilizados para organizar a informação, lassificar, indexar, ou seja, representar os conteúdos dos documentos para fins de recuperação.
Como parte das atividades do estágio, as estagiárias da Biblioteca apresentaram a dinâmica dos módulos de catalogação e indexação que integram o Sistema de Automação de Bibliotecas (SIABI), cujo funcionamento contempla desde e aquisição dos materiais informacionais, com o fluxo de etiquetagem e identificação das obras, até a circulação das obras, que consiste no empréstimo, devolução e reserva das mesmas. Também foi demonstrado durante a visita o funcionamento do catálogo coletivo e os procedimentos da catalogação cooperativa entre os regionais como o desenvolvimento do tesauro e os vocabulários controlados na unidade de informação.
Centro de Memória e Cultura (Cemoc)
Além da biblioteca, o TRT-16 também possui um Centro de Memória e Cultura (Cemoc), guardião da história da Justiça do Trabalho no Maranhão. A unidade é vinculada ao Setor de Biblioteca e Gestão Documental. 
Criado pela Resolução Administrativa TRT-16 nº 061/2007 e inaugurado em 28 de maio de 2007, o espaço abriga a exposição permanente da JT-MA, disponibilizando ao público um acervo que inclui os processos históricos, o mobiliário, fotografias e publicações. O local abriga ainda exposições temporárias e mostras itinerantes.
Atualmente o Cemoc planeja retomar as atividades do Projeto Portas Abertas, que promove visitas guiadas às instalações do Centro de Memória, Fórum Astolfo Serra, além de visitas a salas de audiências e a sessões judiciais, respectivamente, na primeira e na segunda instâncias da Justiça do Trabalho na capital. 

173 visualizações